O Jornal da Justiça surgiu em 2004, como resultado da necessidade de expressão do Poder Judiciário da região de Uberlândia e do Triângulo Mineiro. A ideia era divulgar o pensamento da magistratura mineira por meio de programa de TV semanal e jornal impresso mensal, que abrangiam debates, talkshows e reportagens.

A iniciativa tomou corpo, principalmente com a promoção de eventos judiciários e culturais, resultantes do trabalho e da experiência do jornalista Luiz Maurício. Dentre eles, destacam-se: 

Global Mediation Rio - Propicia o debate intercultural e transdisciplinar sobre outras metodologias na resolução de conflitos e uma reflexão crítico-construtiva do acesso à justiça e fortalecimento da cidadania. 

FOR-JVS International Forum of Justice - acontece anualmente e conta com crescente participação de países da Europa, das Américas do Norte e do Sul e do Oriente Médio, para troca de experiências no combate ao Crime Organizado, à Lavagem de Dinheiro, ao Terrorismo, ao Tráfico de Jovens e a Pedofilia;

Laurea Golden Tears - homenagem às pessoas que perderam suas vidas ou foram ameaçadas de perdê-las na luta contra o crime organizado. Ocorre desde a criação do FOR-JVS;

JUSMED - Simpósio cujo objetivo é discutir o Ato Cooperativo e a Judicialização do Direito à Saúde e realizar julgamento simulado;

Fórum Regional Itinerante – Tem o objetivo de atender as Recomendações No. 31 e 36 do Conselho Nacional de Justiça – CNJ, visando melhorar os magistrados e operadores do direito, no que tange demandas judiciais envolvendo assistência à saúde.

Projeto Igreja Segura - com a cooperação do Instituto Superior de Polícia Judiciária e Ciências Criminais de Portugal (2006);

Ópera Madama Butterfly - apresentação dos melhores momentos in concert, com cantores líricos internacionais e orquestra sinfônica;

Ciclo de Cinema - O Estereótipo do Investigador Criminal, também em parceria com o Instituto Superior de Polícia Judiciária e Ciências Criminais de Portugal;

Cimeira das Polícias Judiciárias dos Países Lusófonos - evento paralelo ao FOR-JVS;

Encontro Nacional de Presidentes de Associações de Magistrados (Enpam) - evento paralelo ao FOR-JVS;

Prêmio A Arte da Magistratura - Tem como objetivo a promoção da prática das artes plásticas e da literatura como agentes anti-estresse dos magistrados.

O sucesso das atividades e do trabalho do Jornal da Justiça contribui para seu crescimento e destaque como veículo de comunicação especializado do setor judiciário. Os eventos estão cada vez maiores e com expressiva participação de representantes de organismos internacionais.

Atualmente, busca-se o incremento na TV, com maior propagação de talkshows. Já o jornal impresso sofreu a influência da tecnologia, transformando-se em algo mais abrangente e dinâmico: um Portal na Internet, capaz de integrar todas as ações do Jornal da Justiça.